24 março 2013

Conquista, Mudança, Esperança

 Essa postagem não será como as outras do blog, pelo o que vocês devem ter percebido. Hoje vou escrever aqui os sentimentos que tive durante esse mês, é, que ainda nem acabou.
 Primeiro vou falar das coisas boas, afinal, foram as primeiras que aconteceram.


 Esse ano passei no vestibular, e vou para o Instituto Federal de Ciências e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) em Química. E pretendo me formar em Bacharel em Química, e me especializar em petróleo e gás e, quem sabe mais para frente, fazer a faculdade de Engenharia Química.

 Já estou matriculada e a espera do início do primeiro período do curso. Sei que essa nova etapa da minha vida não será nada fácil, a começar pela distância do Instituto, que fica em outro município e será uma viagem tremendamente cansativa para todos os dias mas, de maneira nenhuma isso significa que irei abandonar o blog! Sempre vou estar atualizando-o e, claro, lendo meus amados livros!

 Bem, e tem a parte triste desse mês, na semana passada, Deus levou meu melhor amigo, meu totó, Guran. Sabe, ficou um vazio, um aperto no meu coração. Fiquei muito mal esses dias, sem vontade até de sair do meu quarto. Mas vou continuar postando no blog, porque aqui é o único lugar onde estou me sentindo bem em ficar. A dor vai passando aos poucos, e sei que ele está bem, mas sabe quando nós amamos demais e simplesmente não conseguimos parar de pensar? E que não pudemos fazer nada para mudar? É assim que estou me sentindo. Quero deixar o nome dele gravado aqui no meu cantinho virtual também, porque ele foi muito especial para mim, e eu o amei e ainda o amo muito.

 Amanhã irei começar a publicar as postagens que deixei prontas e salvas no rascunho, e também, começarei a visitar os blogs que sempre visito. Agradeço o carinho e compreensão de todos os seguidores e amigos.

Até amanhã!

2 comentários:

  1. Oi May! Meus parabéns pelo vestibular! Tenho certeza que você se esforçou bastante e esse esforço da distância do curso, vai valer muito a pena quando você olhar pra trás. ;)
    Poxa, sinto muito pelo Guran. A minha cachorrinha está com câncer de mama há dois anos e, embora não aparente, resta pouco tempo de vida à ela.
    A gente sente um vazio mesmo, mas é necessário seguir em frente, por mais difícil que possa parecer.
    Desejo forças à você!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda! Poxa, muito obrigada pelo seu comentário.
      E também desejo forças a você, isso é muito triste, espero, de coração, que sua cachorrinha fique bem.

      Muito obrigada mesmo pela sua mensagem.

      Beijos

      Excluir

Obrigada pelo comentário, assim que possível retribuirei a visita.
Todas as perguntas serão respondidas aqui.
Beijos