03 junho 2013

Você Conhece Hemlock Grove?


Hoje vou apresentar a vocês e deixar as minhas impressões sobre a série Hemlock Grove.



 Baseado no livro de mesmo nome do autor Brian McGreevy, Hemlock Grove é uma série original dos serviços por assinatura Netflix, foi dirigida por Eli Roth, mesmo diretor dos filmes de terror "O Albergue", e teve todos os treze episódios da primeira temporada liberados desde 19 de abril deste ano. 
...................................................





 Ao se mudarem para Hemlock Grove, uma cidadezinha na Pensilvânia, dois ciganos, Peter Rumancek e sua mãe, Lynda, tentam ajeitar suas vidas no antigo trailer que um tio de Peter deixou ao falecer.

 Peter fica meio deslocado no novo colégio, afinal, todos o acham um esquisito, e o pior, estão espalhando um boato de que ele é um lobisomem. Então, ao encontrarem, alguns dias depois, o corpo de uma menina na praça perto de sua nova casa, com feridas que só poderiam ser feitas por um animal selvagem, as pessoas logo suspeitam do novo e excêntrico morador de Hemlock e também de outro aluno, o mais rico da cidade e não menos esquisito, Roman Godfrey, que fora visto no local do crime.

 Algum tempo após esse incidente, a metade de um corpo é localizado na floresta nas proximidades, e as suspeitas só aumentam contra os dois alunos, afinal, a outra metade do corpo fora encontrada na siderúrgica abandonada Godfrey.
 Já que a polícia não consegue resolver o problema, Peter e Roman decidem se juntar para investigarem e matarem, por conta própria, o causador desses assassinatos.


 Hemlock Grove é, sem dúvidas, uma série que dividiu minha opinião. Eu esperava um enredo mais maduro e tão horripilante como prometia ser, mas isso não aconteceu completamente. Apesar disso, tenho que confessar que a série conseguiu prender minha atenção e assisti a todos os seus episódios em três dias.
 Os mistérios vão sendo desvendados aos poucos em cada novo episódio e acredite, há tantos mistérios na cidade de Hemlock Grove, em seus moradores, que várias perguntas ainda ficaram para serem respondidas na segunda temporada que, segundo informações, o Netflix tem interesse em produzir.


  A série possui vários clichês, mas ainda conseguiu trazer algumas novidades bem legais. O que mais me incomodou foi a semelhança, em vários aspectos, com a série American Horror Story e, os terríveis efeitos especiais. 

 O drama familiar é o fator chave. Roman perdeu o pai muito cedo e tem uma relação distante com sua mãe, Olivia. E também tem sua irmã, Shelly, que é "especial".

 Ele possui dons especiais e não sabe como pode fazer o que faz, muitas vezes fica meio paranoico, bipolar. Peter e Roman foram personagens que gostei, achei bem legal a amizade "doida deles".



 Também achei um pouco confusa essa série e, às vezes, pode até parecer sem sentido então, para assisti, recomendo ter paciência e atenção, muitas coisas ainda foram guardadas para uma segunda temporada, e nessa, não aceito mais enrolação, quero descobrir tudo. Ah, e apesar de ter uma pegada mais "jovem", não recomendo para menores de idade pois, muitas cenas e insinuações sexuais são expostas.

Primeira Temporada

Episódios: 13 | Tempo de cada episódio: 50 min  | Onde assistir: Netflix |  Nota: 3,5


Elenco principal



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário, assim que possível retribuirei a visita.
Todas as perguntas serão respondidas aqui.
Beijos